Portal Melhores Amigos | Gigante gentil: conheça os adoráveis gatos da raça Maine Coon
493
single,single-post,postid-493,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Gigante gentil: conheça os adoráveis gatos da raça Maine Coon

destaque

19 mai Gigante gentil: conheça os adoráveis gatos da raça Maine Coon

Eles são enormes: os machos chegam a 12 kg e um metro de comprimento. Eles também são uns doces: o Maine Coon é uma das raças mais carinhosas entre os felinos domésticos.

Também conhecido como American Long Hair (pelo longo americano), sua origem é incerta, mas a teoria mais aceita entre os criadores é a de que os ancestrais do Maine Coon eram gatos de pelo longo, levados à América do Norte por vikings, o que é sustentado pelo fato conhecido de que espécimes da raça Norwegian Forest, quase tão grande quanto, viajavam em navios nórdicos. Outro indício de que os Norwegian tenham originado os Maine Coons é o fascínio de ambas as raças pela água, especialmente pela chuva.

No início do século 20, por conta da popularização de outras raças de pelo longo, como os Persas, os “Coonies” (apelido dado pelos entusiastas e criadores) chegaram a ser considerados extintos. Foi só nos anos 1950 que o Maine Coon voltou a ganhar adeptos, até que, em 1985, foi considerada a raça oficial do estado do Maine.

Aliás, o nome Maine Coon vem da junção do nome do estado norte-americano à palavra “racoon”, guaxinim em inglês. Essa segunda parte do nome da raça vem do fato de os Coonies terem caudas longas e bastante peludas, semelhantes as dos guaxinins. Os gigantes gentis gostam de usar o rabo para cobrir o rosto e se aquecer em dias frios.

O pelo, por ser bastante denso, exige escovação diária, o que evita que o Coonie produza bolas de pelo em excesso. Não precisam de banho, nem de tosa. Apesar de ser um gato de fácil manutenção e viver cerca de 15 anos, a raça pode carregar doenças genéticas, como transtornos cardíacos e problemas no quadril, causados por tamanho e peso excessivos, além de gengivite, que causa a perda precoce dos dentes. É importante discutir com o criador antes de escolher o seu Coonie.

Apesar de seu tamanho, são ideais para viver em apartamento, pois não necessitam de muito espaço. O que eles gostam é de escalar e ficar se exibindo para a família. Coonies são muito simpáticos e gostam de pessoas e outros animais, chegando a fazer festa quando chega alguém em casa. E não estranhe se ele seguir você e insistir em ficar no banheiro ao seu lado, é uma das formas do felino demonstrar amor. Eles também adoram brincar e perseguir bolinhas de feltro.

O miado é outra curiosidade desse pet: apesar de serem bem quietinhos, quando miam, o som parece algo entre o trinado de um passarinho e o canto de um grilo!

E aí? Pronto para ter um gigante gentil em casa?

 

 

 

 

Por: Paula Saldanha
Nenhum Comentário

Postar um comentário