Portal Melhores Amigos | 7 vezes em que gatos salvaram seus tutores!
2351
single,single-post,postid-2351,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

7 vezes em que gatos salvaram seus tutores!

cover-cat-angel

06 dez 7 vezes em que gatos salvaram seus tutores!

 Muitas vezes ouvimos histórias sobre cães heróis, que realizam todo tipo de proeza para salvar seus donos. Mas, amigos peludos de todos os tipos também podem ser heróis – especialmente os gatos.

Se eles são conhecidos por ter sete vidas, selecionamos sete ocasiões em que os felinos salvaram a vida de seus donos – e até mesmo de outros animais! São histórias incríveis, que aconteceram ao redor do mundo, e mostram o instinto de proteção dos nossos queridos felinos.

1. O meu dono não

Em 2014, a gatinha valente Tara esteve nas manchetes do mundo todo após lutar contra um cão que atacou seu dono. Jeremy, de quatros anos, estava em uma bicicleta na frente de sua casa quando o cachorro de um vizinho o atacou. Tara surgiu quase que imediatamente e atacou o cachorro, assustando-o e perseguindo-o para longe da casa da família. A filmagem das câmeras de segurança do ataque se tornou viral, obtendo mais de cinco milhões de visualizações em apenas dois dias.

O sucesso de Tara foi tanto que a gatinha acabou recebendo o Prêmio Nacional Anual de Cão Herói, organizado por uma ONG de Los Angeles. Foi a única vez, em 33 anos, que ele foi dado a um gato.

2. Doação de sangue

Portugal tem, desde 2011, um Banco de Sangue Animal (BSA). Parte do Hospital Veterinário da Universidade do Porto, este laboratório recolhe o sangue que permite salvar a vida de animais que estão sob cuidados intensivos. Os eritrócitos (componente do sangue) e o plasma recolhidos são vendidos a clínicas e hospitais veterinários, mas o Banco de Sangue Animal também ajuda associações que recolhem animais. Mais de 300 gatos são doadores ativos no local, que também recebe doações de cachorros. O projeto deu tão certo que já recebeu uma filial, na cidade espanhola de Barcelona.

doacao-2

3. Retornando o favor

Um gato, recém-adotado, já chegou em casa como herói. Amy e seu filho, Ethan, visitaram uma instituição para brincar com os animais, sem a intenção de adotar, mas terminaram voltando pra casa com dois gatos, Pudding e Wimsy. Algumas horas depois, a adotante, que sofre de diabetes desde os quatro anos de idade, começou a convulsionar em sua cama enquanto dormia. Pudding pulou em seu colo e começou a lamber e mordiscar seu rosto, em uma tentativa desesperada de tirá-la da convulsão. Quando ela acordou, começou a gritar por ajuda a seu filho. Como o rapaz não aparecia, Pudding correu até seu quarto e pulou no rapaz, que então socorreu a mãe.

adiabet-3

4. Ligação para o 911

Gatos podem ser treinados até mesmo para discar um número de telefone e salvar seus donos. Um dia, o paraplégico Gary Rosheisen caiu de sua cadeira de rodas e ficou no chão. Sem conseguir se levantar, também não pode alcançar um telefone e chamar os médicos. Tommy, seu gato, havia sido treinado para apertar a tecla de emergência do telefone, discando 911. Quando a polícia chegou ao apartamento, eles viram o gato alaranjado ao lado do telefone que estava fora do gancho no chão da sala, esperando ansiosamente por uma ajuda para seu dono.

911

5. Calor felino

O frio da Rússia no inverno pode matar qualquer um. Mas não se um felino estiver no local para ajudar. No ano passado, um gato de rua salvou a vida de um bebê abandonado perto de um contêiner de lixo. O menino, que tinha entre dois e três meses de idade, foi abandonado em uma caixa de papelão que servia de abrigo para o gato Macha. O animal, então, forneceu calor ao bebê durante várias horas com seu corpo. Não satisfeito, quando os médicos chegaram, o gato não quis deixar o menino, e o seguiu até ele entrar na ambulância.

6. Melhor amigo

Se o cachorro é o melhor amigo do homem, o gatinho Sammy é melhor ainda. Seu companheiro, um pequeno Terrier chamado Izzy, foi atacado um dia por um cão muito maior. Sammy fez de tudo para chamar a atenção do cachorro para si. A estratégia deu certo; o cão agressivo largou Izzy e foi atrás de Sammy, que conseguiu escapar escalando uma árvore. O cãozinho teve alguns ferimentos, mas ficou bem.

4-19-13-cat-saves-dog2-590x328

7. Bala perdida

Uma bala perdida entrou pela janela de uma casa nos Estados Unidos, atravessou a sala e atingiu Opie, um gato que dormia no sofá. A dona ouviu o barulho e logo foi checar como estava seu filho, que também dormia no cômodo. O tiro acertou de raspão o lado esquerdo da cabeça do bichano e passou por seu pescoço e ombro, atravessando o quarto onde a criança dormia e parando a apenas alguns centímetros do travesseiro dela. O felino foi operado e passa bem. A conta do tratamento custou mais de três mil reais, mas a dona não viu problema algum em pagar a quantia para salvar o herói de seu filho.

090215_cat

 

 

Da Redação
Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.