Portal Melhores Amigos | Posso dar ração de filhote para meu cachorro adulto?
3312
single,single-post,postid-3312,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Posso dar ração de filhote para meu cachorro adulto?

dog-2757161_1920

20 nov Posso dar ração de filhote para meu cachorro adulto?

Quem tem um pet sabe que, entre as muitas opções de ração disponíveis no mercado, existem as específicas para filhotes. Mas será que existe algum problema em dar essa ração para o meu cão crescido? E o contrário, comida de adulto pode causar algum prejuízo aos pequenos? Será que há diferenças significativas entre esses dois tipos de produto?

Patrícia Chamas, professora do curso de Medicina Veterinária da Universidade Cruzeiro do Sul, responde que sim, já que cada fase da vida tem necessidades nutricionais diferentes e não seguir a orientação do rótulo pode causar danos ao seu animal.

“Não é indicado dar ração de filhotes para cães adultos, pois elas contêm maior nível de carboidratos e proteínas, o que poderia causar sobrepeso e até obesidade dos cães propensos a engordar, além do que os níveis elevados de proteína poderiam ser prejudiciais aos rins de um cão mais velho, que já tenha alguma disfunção renal causada pela idade mais avançada”, explica.

A professora destaca ainda que o contrário, dar ração de adultos para os filhotes, também deve ser evitado, já que pode causar desnutrição ou até doenças ósseas nos pequenos. “A ração para filhotes possui ingredientes necessários para o maior nível de atividade dos filhotes e formação de seus tecidos e ossos. Ainda, contém mais cálcio e menos fósforo para que ocorra normalmente o crescimento e calcificação dos ossos”, diz.

Para escolher uma boa ração, Patrícia Chamas explica que, além de observar a recomendação de idade descrita na embalagem, é preciso verificar para qual raça, biotipo e estilo de vida o alimento é indicado. “As boas rações presentes no mercado são denominadas de rações super Premium, e são as de melhor qualidade. Existem diversas marcas de ração, mas aconselha-se a adquirir aquelas que estão há mais tempo no mercado”, afirma.

Além disso, a professora recomenda que os tutores prefiram comprar pacotes fechados e evitar os alimentos vendidos a granel. “Uma vez aberto o pacote, a ração pode sofrer oxidação e fazer mal ao animal”, explica.

 

Tais orientações já são um grande passo para que o seu animalzinho tenha energia e saúde suficientes para realizar as suas atividades cotidianas. Resta saber se você, tutor, também está se alimentando de modo adequado para acompanhar com disposição as brincadeiras do seu cão.

Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.