Portal Melhores Amigos | Cuidados com a pele e pelo do seu cão durante o inverno
4592
single,single-post,postid-4592,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Cuidados com a pele e pelo do seu cão durante o inverno

16_Jul

01 jul Cuidados com a pele e pelo do seu cão durante o inverno

Todos sabem que a estação fria exige de nossos pets um cuidado com pele e pelos. E não apenas pela estação de temperatura baixa, mas devido a umidade relativa do ar estar em níveis bem abaixo do normal. Por isso, os tutores devem tomar alguns cuidados bem simples mas de extrema importância para que seu animal de estimação tenha uma longevidade alta.

 

De acordo com o médico veterinário, Leonardo Giovanetti Neto, a hidratação da pele e dos pelos é fundamental neste período. “No inverno verificamos uma umidade relativa do ar bem diminuída e certamente teremos um ressecamento da pele do seu pet que, em alguns casos, provoca prurido (coceira) devido ao ressecamento da epiderme”, explica. “Portanto, devemos lançar mãos de hidratantes de pele e do pelo tornando a pele hidratada e evitando os sintomas e consequentes feridas”.

 

Mas a hidratação não significa banhos constantes. Giovanetti alerta para a necessidade de redução “discreta de banhos”. “É importante informarmos que os pets não possuem glândulas sudoríparas em seu corpo, com a função de dissipar calor como ocorre em seres humanos a não ser nas regiões interdigitais (patas), e em decorrência disso produzem uma substancia oleosa que protege a epiderme e serve também como isolante térmico. Ao banharmos os pets naturalmente retiramos essa camada de proteção podendo gerar consequências desagradáveis como descamações da pele e diminuindo seu isolamento térmico contra o frio”. O veterinário lembra ainda que os cães são muito resistentes às temperaturas baixas  devido à proteção oleosa.
Por outro lado, a escovação, durante o inverno, precisa ser diária pois cães e gatos trocam seus pelos por outros de característica mais cerradas e grossos com o intuito de maior proteção ao vento seco que normalmente prejudica pelos e pele e são comuns nessa época do ano.

 

Giovanetti afirma ainda que, quando possível, é importante o banho de sol. “É importantíssimo, nessa estação mais fria, que os animais tomem sol para que produzam a vitamina D que irá carrear e ser responsável pela fixação de cálcio nos ossos tornando-os mais resistentes a fraturas”, explica.

 

Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.