Portal Melhores Amigos | Como identificar e tratar doenças de pele em roedores
2922
single,single-post,postid-2922,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Como identificar e tratar doenças de pele em roedores

doença de pele roedores_DOMINIO-PUBLICO

11 jun Como identificar e tratar doenças de pele em roedores

As doenças de pele estão associadas ao clima quente e úmido, típico do nosso país, e se instalam caso o bichinho esteja com baixa imunidade

Entre os problemas que os  roedores de estimação podem ter, as doenças de pele são as mais comuns. Causadas principalmente por fungos e ácaros, elas podem atacar a saúde do seu pet e deixá-lo mais irritado e sem apetite. Veja como identificar e tratar essas doenças.

As doenças de pele estão muito associadas ao clima quente e úmido, típico do nosso país, e se aproveitam de momentos de baixa imunidade dos bichinhos para se instalar. “Em geral, animais oriundos de regiões mais secas e frias, como hamsters, chinchilas e porquinhos-da-índia, acabam apresentando mais problemas de pele quando em contato com o clima brasileiro”, explica André Grespan, médico-veterinário da clínica Wildvet.

O especialista diz que esses tipos de enfermidade são, na maioria das vezes, fáceis de observar nos animais. “Fique atento à queda acentuada de pelos, falhas na pelagem, presença de crostas ou muita seborreia, pelos úmidos com secreção e pele avermelhada”, aponta.

Ao perceber os sinais das doenças, é essencial procurar um médico-veterinário, para que ele possa identificar a infecção e prescrever o cuidado adequado. “Essas doenças em geral são zoonoses, ou seja, podem passar do animal para os humanos. Por isso, é essencial o acompanhamento do veterinário, não sendo recomendado o tratamento sem supervisão”, explica Grespan.

A doença, por estar associada ao calor e à umidade, pode ser evitada. Evite banhos e não deixe o animal em locais muito úmidos. Mantenha sempre a gaiola limpa, com comida e água frescas. E lembre-se: maneje o seu bichinho com muito carinho e cuidado, evitando assim o estresse e a consequente falha de imunidade.

Da Redação
Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.