Portal Melhores Amigos | Desenvolvendo a empatia: cães ajudam a combater o bullying
147
single,single-post,postid-147,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive
1703_cachorro_jb_destaque

17 mar Desenvolvendo a empatia: cães ajudam a combater o bullying

As crianças são muito suscetíveis ao bullying na escola, mas agora, elas ganharam um aliado bem conhecido: os cães. Sim, o melhor amigo do homem foi escalado para ajudar a combater esse problema. A ideia surgiu nos Estados Unidos, onde, segundo o Hype Science, cerca de 80% de todas as crianças norte-americanas confirmam que já sofreram algum tipo de assédio dos colegas.

Criado pela professora Jo Dean Hearn, de Kansas City (EUA), o projeto “No More Bullies” leva cachorros treinados ao convívio de alunos para o desenvolvimento da inteligência emocional. Como os pequeninos são sensíveis aos cães e entendem a necessidade de cuidar bem deles, compreendem o mal que podem fazer a um colega.

Por aqui, ainda não há relatos de colégios que adotaram o sistema. No entanto, a terapia assistida por animais já vem utilizando cães para trabalhar as habilidades sociais das crianças. A psicóloga Martina Sbrissa Bortolin, do site Terapia com Animais, explica que essa amizade traz inúmeros benefícios, como despertar a compaixão, a responsabilidade, o autocontrole e a integridade dos pequenos.

Segundo Martina, “geralmente, a criança que pratica o bullying não se importa com o sofrimento do outro. A prática está relacionada com o desenvolvimento da empatia. A criança que não aprendeu a transformar sua raiva em diálogo, passa a se expressar com agressões”.

É aí que entra a proposta de terapia com os cães. “Através de atividades, mostramos que todos os animais têm sentimentos, como medo e ansiedade. Comparamos esses sentimentos com os delas, fazendo com que elas se coloquem nos lugares umas das outras e até do animal”, explica a psicóloga.

O resultado dessa interação não podia ser melhor. “Trabalhamos em equipe para desenvolver a cooperação e quando uma criança tem a responsabilidade de cuidar daquele cãozinho, e consegue concluir a tarefa, sente-se muito mais confiante. Além disso, os cães nos ensinam sobre o amor”, complementa.

 

 

Por: Jr Balby
Nenhum Comentário

Postar um comentário