Portal Melhores Amigos | Uma história por trás de um Instagram de gatos
3467
single,single-post,postid-3467,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Uma história por trás de um Instagram de gatos

bodegas cat

26 fev Uma história por trás de um Instagram de gatos

E como uma série de fotos reuniu a paixão pelos felinos com o carinho pelos mercadinhos de bairro em Nova York

 

Da redação

 

Gatos são um sucesso perene na internet, seja em vídeos, fotos, GIFs e em qualquer outro formato que você possa imaginar. Mas, em algumas situações, a paixão dos tutores e conhecidos desses animais ganha uma projeção maior.

Da mesma forma que os felinos ajudam a definir a cidade de Istambul simplesmente dividindo-a com humanos, existe um fenômeno semelhante em Nova York, onde é comum que mercearias e pequenos mercados (as grocery stores, ou bodegas) tenham gatos residentes, que se tornam uma atração à parte em cada estabelecimento. Mas a paixão dos mercadinhos e outras lojas por seus gatos ganhou um empurrão a mais em notoriedade por conta de dois ex-funcionários do Google, pelo menos de início. Em setembro de 2017, uma matéria do jornal inglês The Guardian relatou a história de uma nova startup encabeçada pelos dois.

A ideia do Bodega, cujo logotipo é em forma de cabeça de gato, são máquinas de venda de produtos que podem ser instaladas em praticamente qualquer lugar – semelhantes àquelas de refrigerante, porém mais largas e com visual mais moderno. As compras são ativadas a partir de celulares. Mas o uso dos dois termos – gatos e bodegas – em conjunto enfureceu algumas audiências, preocupadas justamente com o destino dos milhares de gatos que são marca registrada dos estabelecimentos. Afinal de contas, se todos os mercadinhos e mercearias fossem substituídos por máquinas, qual seria o fim de todos os felinos moradores desses estabelecimentos?

bodegas cat

O contraponto surgiu em meio de contas no Instagram, Twitter e Facebook, originalmente na primeira rede citada, com o perfil @bodegacatsofinstagram. Lá, pessoas do mundo todo enviam fotos e vídeos – os mais fofos possíveis – provando que as pequenas lojas e comércios locais são sim importantes, e local de pet.

A criação foi de um morador do Brooklyn, Rob Hitt, que criou o perfil depois de avaliações positivas das fotos de felinos em sua conta pessoal no Instagram. Para o Guardian, ele declarou que “as lojas de esquina sempre me pareceram um pedacinho de casa, que é onde você pode ir para dar um oi para uma pessoa conhecida, ouvir as fofocas do bairro ou trombar com o gato do vizinho”. Um dos fundadores da startup, Paul McDonald, comentou a repercussão negativa que as máquinas de venda despertaram. “Fica claro que estávamos fazendo as perguntas corretas para as pessoas erradas [sobre o nome e logo do produto que criaram]. Apesar das nossas melhores intenções, e nossa admiração pelas tradicionais bodegas, claramente atingimos um nervo nessa manhã, e por isso pedimos desculpas. Ao invés de desrespeito pelas tradicionais lojas de esquina, ou pior ainda, o risco de tornar-nos uma ameaça – nosso único objetivo era mostrar admiração”.

Controvérsias à parte, até agora o @bodegacatsofinstagram já possui mais de 140 mil seguidores que acompanham o cotidiano de felinos que tomam conta de estoques, descolam lanchinhos, tiram soneca em gôndolas de supermercado e escalam paredes de caixas empilhadas. Se você é fã de gatos, e de mercadinhos, não perca tempo: entre no app, curta as fotos e mande as suas também!

Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.