Portal Melhores Amigos | Quais itens de primeiros-socorros o dono do cão deve ter?
615
single,single-post,postid-615,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Quais itens de primeiros-socorros o dono do cão deve ter?

primeiros_socorros_cachorro

14 jul Quais itens de primeiros-socorros o dono do cão deve ter?

Quem nunca andou com uma “farmacinha” na bolsa ou guarda nos armários de casa verdadeiras prateleiras de drogaria? Não somos a favor da automedicação de forma alguma, mas, da mesma forma que você quer estar preparado para alguma emergência humana, existem alguns itens de primeiros-socorros que devem constar na casa e/ou bolsa de alguém que tem cão.

Primeiro de tudo, o ideal é sempre prevenir em vez de remediar, portanto, os primeiros mandamentos para prover o bem-estar do seu cão é mantê-lo limpo, vermifugado, vacinado, castrado, bem alimentado, exercitado e, claro, consultar um veterinário regularmente.

Porém, existem situações que podem acontecer, por mais que tenhamos nos prevenido. “Seu cão pode comer uma planta e se intoxicar, roer um fio e levar um choque, cortar a patinha no passeio, pode atacar e/ou ser atacado por outro cachorro na rua, ser picado por um inseto e entre outras situações inesperadas”, alerta Fernando Baiardi, adestrador e pesquisador em comportamento canino, proprietário da Cão Ativo, empresa que oferece cursos e treinamento para alunos e serviços de passeios diários orientados para cães e donos de cães em todo o Brasil.

Portanto, para socorrer seu cão em caso de algum acidente ou para medicá-lo, vale ter em casa:

  • Focinheira (mesmo que seu cachorro te ame, ele pode te morder por estar assustado ou com dor);
  • Luvas descartáveis de látex (para a sua proteção e do seu bichinho também)
  • Seringa grande (sem agulha, pelo amor de Deus);
  • Conta-gotas;
  • Termômetro;
  • Gaze esterilizada;
  • Bandagem elástica autoaderente (que não gruda nos pelinhos do seu pet);
  • Bolinhas de algodão e cotonete;
  • Termômetro digital (para uso exclusivo do seu cão, por favor);
  • Sabão neutro (para limpar machucados);
  • Caixa de transporte (imprescindível).

De qualquer maneira, mesmo com todo este aparato em mãos, se algo fora do normal acontecer, ligue para o veterinário do seu cão ou para algum profissional disponível em plantões 24h, siga as instruções à risca e leve o animal imediatamente para ser socorrido nas clínicas ou hospitais veterinários, onde ele poderá ser avaliado e tratado adequadamente.

 

 

 

 

Por: Paula Soncela
Nenhum Comentário

Postar um comentário