Portal Melhores Amigos | Os seis acessórios que todo gato precisa ter
4490
single,single-post,postid-4490,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Os seis acessórios que todo gato precisa ter

03_Abr

27 mar Os seis acessórios que todo gato precisa ter

Adotar um bichano é uma decisão que deve ser tomada com muita calma e responsabilidade! Entretanto, decisão feita, é hora de preparar a casa para a chegada do gatinho.

Gatos são animais independentes e curiosos, que adoram conforto e carinho. Os perfis – tanto de aparência como de personalidade – variam bastante, mas é possível afirmar que alguns acessórios são indispensáveis para que eles sejam saudáveis e felizes.

Vamos a eles?

Cama

É praticamente a primeira coisa que vem à sua mente né? A cama, para o gato, não é apenas um local para dormir e descansar – pois tenha a certeza de que ele utilizará também outros locais bem inusitados para tanto.

A cama é, além disso, um espaço onde ele se sentirá tranquilo, um espaço para chamar de seu.

Como gatos dormem 16 horas por dia, ou seja, passam a maior parte do dia dormindo, é importante que se sintam seguros. As camas devem, preferencialmente, estar acima do chão – é por isso que, mesmo os filhotinhos, adotam nossas camas ou sofás”, afirma a médica veterinária especializada em gatos Vanessa Zimbres.

Sobre o tamanho da cama, é importante que os gatos caibam em forma de “rosquinha” quando estão deitados. Se a cama escolhida for uma toca, ela não deve ser muito grande para que ele se sinta mais seguro.

Potinhos de água e ração

É importante que tanto um como o outro estejam posicionados em um local arejado e que não bata sol diretamente.

Vale reforçar ainda que gatos são bichinhos muitos higiênicos, portanto não se esqueça de lavar os potes diariamente – isso é fundamental também no combate à dengue!

“Diferentemente do que pensamos, os gatos dificilmente tomam água após comer e vice versa. Portanto, os potes não devem ficar lado a lado, até para evitar que caia algum grãozinho de ração dentro do pote de água”, recomenda Vanessa. “Aliás, quanto mais potes de água espalhados pela casa, melhor”.

Por fim, gatos muitas vezes preferem água corrente à parada. Por isso, é tão comum vê-los bebendo direto de torneiras. Para garantir sua hidratação, você pode investir em uma fonte ou bebedouro.

Caixa de areia

Indispensável! É na caixa de areia, afinal, que o gatinho fará todas as suas necessidades.

Ah, a limpeza da caixa deve ser feita regularmente. Isso é bom tanto para o tutor, pois elimina odores desagradáveis, como para o pet, já que evita que ele desenvolva alguma enfermidade, como cálculos urinários – gatos evitam utilizar caixas sujas.

Segundo os especialistas, a quantidade de caixas de areia deve obedecer à lógica do número de gatos + 1. Ou seja, se você tem um só gato, tenha duas caixas. Pensa em ter dois? Providencie três caixas. E assim por diante.

Arranhador

O arranhador ajuda o gatinho a ter uma vida mais ativa e arrefece seus instintos básicos de demarcação de território e de caça.

“As unhas crescem e precisam ser “desencapadas”. Somente arranhando os objetos ele consegue fazer isso”, diz Vanessa. “Além disso, trata-se de ser um acessório que o entretém, enriquece o ambiente e o deixa mais ativo”.

Se o gatinho não gostar do arranhador adquirido inicialmente – talvez por causa da altura, talvez por conta da textura -, tente outro. Sem um arranhador, é provável que seu gato desconte em outros móveis e objetos. Em outras palavras: encontre um, pois seu sofá agradece!

Brinquedos

É comum – e engraçado – ver o tutor reclamando que comprou um brinquedinho super legal para o gato e, no final, ele prefere se entreter com a embalagem mesmo. Mas não desista! O pet certamente vai se divertir com caixas de papelão e bolinhas de lã, mas recomendamos que você invista também em itens desenvolvidos especialmente para ele.

“Assim como crianças, gatos enjoam dos brinquedos. Então o melhor a fazer é oferecer um brinquedo de cada vez e brincar junto a ele ao menos 15 minutos ao dia”, indica Vanessa.

Há muitas opções! Varinhas com objetos pendurados, bolinhas com guizos, ratinhos de pelúcia, tocas, túneis e até estruturas com diferentes andares. Faça o teste e veja qual é o brinquedo que seu gato mais gosta.

Caixa de transporte

Seu gato pode até não sair muito de casa, mas eventualmente será necessário, seja para levá-lo para o veterinário, o pet shop ou mesmo outra residência. Para isso, uma caixa de transporte não pode faltar.

Esse acessório garante a segurança do gatinho, tanto na rua quanto no carro, pois evita que fuja ou sofra um acidente. Vale a pena acostumar o bichano a ficar dentro da caixa antes de levá-lo em sua primeira viagem – use brinquedos ou petiscos para atraí-lo e para tornar o processo mais prazeroso.

E nunca é demais enfatizar: não basta adotar um gatinho e oferecer todos os itens, por melhor que eles sejam. É preciso dar atenção e carinho. Eles, de fato, ficam bem sozinhos por um longo período, mas também precisam muito nossa companhia!

Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.