Portal Melhores Amigos | Entenda as diferenças entre os tipos de alimentos
2823
single,single-post,postid-2823,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Entenda as diferenças entre os tipos de alimentos

alimentação_DOMINIO-PUBLICO

09 mai Entenda as diferenças entre os tipos de alimentos

Para garantir uma vida saudável e feliz para o seu animal de estimação, a alimentação é um dos pontos que exigem mais atenção. Muitos donos têm dúvidas sobre que tipo de alimentação escolher. Por isso, o Portal Melhores Amigos preparou este guia que diferencia a ração industrializada da alimentação natural.

Ração industrializada

São alimentos completos e balanceados, elaborados para atender as necessidades específicas dos animais. É o alimento mais indicado pelos veterinários para os pets. Deve-se sempre optar pelos produtos Premium ou Super Premium, pois possuem ingredientes melhores e mais elaborados.

Os avanços em pesquisa e desenvolvimento e inovação na área de nutrição animal permitiram um aumento na sobrevida do animal, sendo uma fonte de nutrição balanceada para cada fase do animal, desmame, crescimento, adulto ou sênior. “Existem as rações veterinárias que são ricas em diferentes nutrientes para atender as necessidades especiais de animais cardíacos, obesos, renais, alérgicos, hepatopatas, geriatras, entre outros” afirma a Adriane Molardi Bainy, médica-veterinária do pet center Hiperzoo.

Alimentação natural

Cada vez mais tutores de animais têm optado pela alimentação natural. Esta é uma opção saudável, desde que seja feito o acompanhamento por um médico-veterinário na elaboração do cardápio, para que o atendimento das necessidades nutricionais específicas de cada espécie seja atingido. Dietas naturais balanceadas são uma boa opção para os pets.

Não se deve misturar ração e alimentação natural, pois pode causar desbalanços nutricionais. “Se você tem interesse em introduzir alguns alimentos frescos para enriquecer a dieta do seu pet, procure um profissional especializado em nutrição animal ou alimentação natural para orientação”, adverte Adriane.

Lembre-se de nunca oferecer restos de comidas para os animais. Especialistas afirmam que os pets cuja alimentação é baseada no que sobrou da mesa dos humanos vivem menos.

Da Redação
Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.