Portal Melhores Amigos | Conheça plantas ornamentais tóxicas para cães e gatos
3893
single,single-post,postid-3893,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Conheça plantas ornamentais tóxicas para cães e gatos

Post_portalmelhoresamigos_12

23 nov Conheça plantas ornamentais tóxicas para cães e gatos

A beleza pode ser mortal e plantas ornamentais são prova disso. Tutores devem ficar muito atentos aos vegetais escolhidos para enfeitar suas casas, já que alguns dos mais comuns nos lares brasileiros podem causar danos à saúde e até a morte de seus animais de estimação.

 

A médica veterinária Cristina Azevedo, do Primor Pet Shop e do Hospital Veterinário Pirajussara, explica que, ao primeiro sinal de intoxicação, o animal deve ser levado de forma urgente ao veterinário. “A regra é que o tutor não deve provocar o vômito no animal, porque o vômito pode entrar nos pulmões e causar pneumonia por aspiração, que também pode ser mortal”, afirma Cristina. “A única exceção é se o tutor flagrar o exato momento da ingestão da planta tóxica. Neste caso, deve colocar uma pitada de sal na garganta do animal para provocar o vômito.”

 

Outro erro de tutores é dar leite para o animal. O correto é dar clara de ovo ou comprimido de carvão ativado (e não carvão de churrasco). “Mais uma vez, isso tem que ser feito se o animal for flagrado comendo a planta tóxica. E muitas vezes o tutor não tem esses produtos à mão. Na dúvida, o correto é não dar nada ao animal e levá-lo rapidamente ao socorro.”

 

Veja uma lista das principais plantas ornamentais tóxicas e os sintomas causados nos animais:

 

Comigo-ninguém-pode

Com folhagem rica e exuberante, tem fama de trazer proteção à casa e é muito comum em lares brasileiros, mas pode causar até a morte de animais. A intoxicação se dá por ingestão ou contato com qualquer parte da planta. Os sintomas são

edema e irritação de pele e mucosa, dor intensa e asfixia.

 

Copo-de-leite

Muito utilizada em decoração por dar ar elegante e exótico ao ambiente, esta planta com belas flores pode causar asfixia e morte em animais. Sua ingestão leva a irritação da mucosa, edema de glote e dor severa.

 

Antúrio

Esta planta, com flores em forma de coração e de variadas cores, também é tóxica para animais. A ingestão de qualquer parte pode causar queimação da mucosa, inchaço de boca, lábios e garganta, salivação, edema de glote, dificuldade de engolir, asfixia, náusea, vômito e diarreia.

 

Lírio e lírio-da-paz

Belos, elegantes e perfumados, o lírio e o lírio-da-paz escondem perigo mortal para animais de estimação. A ingestão de qualquer parte dessas plantas pode causar irritação na cavidade oral e nas mucosas (incluindo a ocular), dificuldade de engolir e até problemas respiratórios. Em casos mais graves, pode levar a alterações nas funções renal e neurológica, resultando em morte.

 

Azaleia

Planta originária do Japão, ganhou os lares brasileiros devido à sua beleza. Tanto a flor como a folha da azaleia são tóxicas. A ingestão pode causar distúrbios digestivos até seis horas após o consumo, além de disfunções cardíacas.

 

Samambaia

Todas as suas espécies são tóxicas. A ingestão das folhas compromete a produção de glóbulos vermelhos e pode causar sangramento, pontos vermelhos nas mucosas da boca, da gengiva, da vulva e do pênis, além de sangue na urina. Em casos crônicos, causa anemia.

 

Mamona

Também pode ser uma planta ornamental, apesar deste uso ser menos comum. Seu maior perigo para animais é porque é usada para fazer torta de mamona e óleo de rícino (que, misturados com farinha de osso para adubo, levam a aroma e palatabilidade atrativos a animais). Os sinais de intoxicação se manifestam no sistema nervoso central até 24 horas após a ingestão, causando vômito, diarreia, salivação, dor abdominal, diarreia com sangue, febre e desidratação.

 

 

 

Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.