Portal Melhores Amigos | Anacã: cores exuberantes na nossa Amazônia
2330
single,single-post,postid-2330,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Anacã: cores exuberantes na nossa Amazônia

anaca

30 nov Anacã: cores exuberantes na nossa Amazônia

De plumagem vermelha, azul e verde vivas, o Anacã chama atenção logo de cara. Conhecida também como Curica-bacabal e Papagaio-de-coleira, a coloridíssima ave é típica das florestas úmidas da Amazônia. Segundo o médico veterinário Alessandro Bijjeni, proprietário da Exotic Pets Clínica Veterinária, especializada no atendimento de animais silvestres e exóticos, uma das subespécies do Anacã pode ser encontrada no sul do Rio Amazonas, do estado do Pará ao norte do Mato Grosso. Já a outra subespécie fica também pela região amazônica, pegando o norte do Brasil e nossos vizinhos da América do Sul, como Colômbia, Venezuela, Guiana e partes do Peru.

O Anacã tem o nome científico de Deroptyus accipitrinus, que significa “ave com cocar eriçado como um falcão”. Não precisa ficar assustado. A descrição é por conta da aparência que a ave assume quando se sente ameaçada. As penas coloridas do pescoço e o cocar levantam e formam um grande, imponente e lindo leque.

A ave é do tipo psitacídeo, de médio porte, com aproximadamente 35 centímetros de comprimento, sendo a fêmea um pouco maior que o macho. Ela gosta de se alimentar, principalmente, de frutas de palmeiras e sementes. Também adora os cocos de bacaba e das embaúbas, além de frutas silvestres. No período reprodutivo, procura buracos de árvores mortas para estabelecer seus ninhos. Chega, inclusive, a reaproveitar os buracos construídos por outra ave, o pica-pau, como futuro lar de seus filhotes.

Se está com vontade de ter uma ave companheira em seu lar, os Anacãs podem se tornar ótimos pets; principalmente quando adquiridos ainda filhotes. “Como a maioria dos psitacídeos, devem receber atenção especial e manejo constante, facilitando o processo de socialização”, alerta Alessandro.

Na hora de comprar um, é preciso ter cuidado extra com a documentação. Como qualquer ave silvestre (oriunda da nossa fauna), existe a necessidade de documentação especial. Alessandro dá as recomendações: “o Anacã deve ser adquirido de alguma loja credenciada ou direto de criador comercial devidamente regulamentado. Vale lembrar que o animal deve possuir marcação individual (anilha e/ou microchip e nota fiscal contendo todos os dados do animal e proprietário)”.

Quer saber ainda mais sobre aves? Confira todas as reportagens que publicamos sobre nossos amigos de penas no Portal Melhores Amigos.

Da Redação
Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.