Portal Melhores Amigos | A visita tem alergia – e agora?
3375
single,single-post,postid-3375,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

A visita tem alergia – e agora?

dog-2606759_1920

18 dez A visita tem alergia – e agora?

No caso dos gatos, uma proteína presente na saliva pode se acumular no pelo do animal, provocando alergia. Para tutor e visita, uma das soluções para amenizar o problema é o banho periódico no felino.

Da redação

 

Para muitos, infelizmente, animais de estimação são sinônimo de olhos irritados e espirro constante. Mas o culpado muitas vezes não é o pelo. No caso dos gatos, por exemplo, o que causa alergia é uma proteína presente na saliva. “Uma vez que o gato se lambe com frequência, a saliva e essa proteína vão se acumulando nos pelos, até que atinjam uma quantidade suficiente para desencadear uma resposta alérgica nas pessoas mais sensíveis”, explica a médica-veterinária Dra. Vanessa Zimbres, da clínica Gato É Gente Boa.

Portanto, se o tutor ou uma visita em algum momento se sentirem incomodados, é recomendado que se dê um banho para remover o excesso de saliva presente. Mas não há fórmula: a frequência de banho é determinada pela sensibilidade do tutor e das pessoas com quem convive. Alguns precisam banhar seu gato mensalmente, outros a cada três meses. Por isso, se vai receber visitas que sofrem com alergia, o aspirador de pó pode ser uma ferramenta importante. Mas é possível amenizar o problema, também, escovando os animais, já que esse hábito ajuda a retirar do corpo dos bichos o excesso de pelos que vão se acumulando no ambiente.

“Mas de forma geral, o ideal é receber as visitas em um local aberto, ou bem arejado, porque por mais que a limpeza seja meticulosa, os pelos se escondem em frestas, cantos, sofás onde vocês irão se sentar e cortinas, todos esses pontos de limpeza mais trabalhosa”.

Outro detalhe é que, se muitos têm alergia à proteína da saliva dos felinos, muitas vezes a reação que parece alérgica, com espirros e coceira no nariz é o excesso de pelos no nariz! “As pessoas que costumam abraçar e beijar os seus peludos acabam inalando os pelos do animal e isso certamente vai incomodar! Não quer dizer que é alergia”.

É importante levar em consideração, também, que animais que têm acesso a quintais podem servir de veículos de outros alérgenos que se acumulam nos seus pelos como ácaro, poeira, pólen. “O tutor ou a visita podem ser alérgicos a essas substancias e não ao animal em si. Da mesma maneira, os próprios animais podem desenvolver alergias a essas sujidades”.

E é claro que os pets também podem desenvolver quadros alérgicos. Nos gatos, por exemplo, não é exagero dizer que qualquer cheiro forte como perfumes, desinfetantes e aromatizantes podem ser prejudiciais.

O jeito é ficar atento quando usar esse tipo de substância em casa, ou perto do animal: espirros, tosse e olhos vermelhos que seu gatinho venha a apresentar caso entre em contato com qualquer cheiro mais forte.

Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.