Portal Melhores Amigos | Você sabe como um dálmata se parece. Mas quais são os outros detalhes da raça?
4867
single,single-post,postid-4867,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Você sabe como um dálmata se parece. Mas quais são os outros detalhes da raça?

31-Mar

23 mar Você sabe como um dálmata se parece. Mas quais são os outros detalhes da raça?

O visual dos dálmatas é famoso no mundo todo. Muito provavelmente, o grande responsável pela fama dos cães cheios de manchinhas pretas é a animação 101 Dálmatas (Disney, 1961) mas verdade seja dita, esses cães já existiam há um bom tempo. Pelo menos, algumas centenas de anos. As certezas em relação à origem de diversas raças são poucas.

 

Mas existem algumas pistas. De acordo com o American Kennel Club, no começo do século 18 a raça estava associada com uma fatia da Europa Central, às margens do Mar Adriático, em uma região chamada Dalmácia. Atualmente, essa área abrange pedaços da Croácia, Bósnia e Herzegovina e Montenegro. No entanto, existem teorias de que cães muito semelhantes aos Dálmatas estivessem presentes até no Antigo Egito (de 3.100 a.C. a 30 a.C)

 

De volta ao século 18: uma das suas principais funções, naquela época e na Europa, era ser um cão de guarda, mas não de propriedades, e sim de carruagens. Os dálmatas eram escolhidos para proteger esse meio de transporte e os cavalos de quaisquer perigos que poderiam haver nas estradas. Hoje em dia, são principalmente cães de companhia, e têm uma vida mais sossegada.

 

Por falar nisso, são considerados cães muito inteligentes, mas de alta energia. Também têm talento para se tornarem cães de guarda, mas como são um pouco teimosos, necessitam de bom adestramento desde filhotes. Vale a observação: os filhotes nascem sem pintas, que vão surgindo durante as primeiras semanas de vida. Crescem bastante, e por isso, se você sonha em ter um cão pintadinho, saiba que eles podem pesar de 18 kg  a 28 kg, com uma altura de até 60 cm.

 

Considera-se que dálmatas são bastante amorosos com a família humana, mas podem ser um tanto desconfiados de estranhos, ou com outros cães – mais um motivo para o adestramento acontecer cedo, e apresentar o cão a muitos estímulos externos.

 

No cotidiano, precisam de bastante atividade física para manterem-se saudáveis e felizes. Caso ele não tenha uma rotina de exercícios e distrações apropriadas, o dálmata tem propensão a causar problemas, ou destruição em casa. Ou seja, é um grande amigo que precisa de atenção, de alguém que goste de passar tempo com um pet.

 

Demais né? Mas não se esqueça, antes de tudo, pense na posse responsável! Antes de levar um cachorro para seu lar, pesquise e analise sua rotina. Com certeza existe um pet ideal para você e sua família!

 

Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.