Portal Melhores Amigos | Seu felino feliz: Enriquecimento Ambiental para gatos
4249
single,single-post,postid-4249,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Seu felino feliz: Enriquecimento Ambiental para gatos

Portal_Seu-felino-feliz

06 ago Seu felino feliz: Enriquecimento Ambiental para gatos

Desde cedo que o ambiente externo foi reconhecido como sendo perigoso para os animais de estimação. Cada vez mais, os proprietários restringem os seus gatos a um estilo de vida exclusivamente doméstico por questões de segurança, analisa a médica veterinária Cinthya Ugliara. “Assim, se evita possíveis atropelamentos nas cidades, lutas entre machos, gestações indesejadas, assim como doenças, envenenamentos e maldades diversas”.

O problema de restringir o animal somente ao ambiente doméstico lembra Cinthya, é que um gato deixado em casa sozinho, durante todo o dia, pode tornar-se ansioso, deprimido e com problemas médicos e comportamentais. “Além disso, se viver num ambiente sem estímulo ou com pouca atividade, passará a maior parte do dia a dormir em vez de se exercitar, tornando-se um gato pouco saudável e muitas das vezes obeso”, explica.

Sendo assim, o enriquecimento ambiental é uma estratégia importante que permite a redução e prevenção do estresse felino, a seguir falaremos das principais estratégias que você pode adotar para melhorar a qualidade de vida do seu bichano e torná-lo feliz.

  • Enriquecimento Físico – Recorra à utilização de objetos artificiais (como cordas, fios, bolinhas de pingue-pongue) para diversificar o meio. Nesta categoria incluem-se também programas de luz como ponteiras com laser, arranhadores.
  • Enriquecimento Alimentar – Nesta categoria, estão incluídos os diferentes tipos de alimento (comida de lata, comida caseira, ração seca e até água em potes de diferentes formatos ou fontes), pode ser oferecida de forma a estimular o olfato e o instinto de caça inerente aos bichanos. Para tanto, em vez de deixar a ração à disposição, em um único pote, é interessante separar a quantidade diária em vários potinhos, dispostos em locais que ele terá que escalar e procurar. Além disso, embrulhar parte da comida em guardanapos ou envelopes dificultará a “caça”, obrigando-o a abrir o “pacote” para poder chegar à comida, o que é ótimo para estimulá-lo a exercitar seu instinto de caça. Pode-se utilizar também brinquedos dispensadores de comida.
  • Enriquecimento Sensorial – Modalidade que proporciona uma estimulação dos sentidos, nomeadamente: a introdução de música clássica para promover o bem-estar animal, utilização de sons que mimetizem os encontrados na natureza (chuva, vento, pássaros).
  • Enriquecimento Ocupacional – Categoria que utiliza objetos novos e desafiantes que permitam a distração do animal, o aumento da sua atividade diária e a expressão de comportamentos característicos da sua espécie.
  • Interação Homem-Animal – Modalidade que consiste em escovar, brincar, jogar, afagar e acariciar o animal, de modo a estimulá-lo

“Não é necessário aplicar todas as estratégias sugeridas, mas quanto maior for o número de estratégias aplicadas melhor será a interação entre o gato os membros da família e haverá uma melhoria no bem-estar e redução do estresse do seu bichano”, explica Cinthya.

 

Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.