Portal Melhores Amigos | Saiba a hora de oferecer a ração comum, alimento úmido e petiscos para seu cão
3274
single,single-post,postid-3274,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Saiba a hora de oferecer a ração comum, alimento úmido e petiscos para seu cão

dog-food

27 out Saiba a hora de oferecer a ração comum, alimento úmido e petiscos para seu cão

Para não errar, prefira sempre ração seca durante no cotidiano, e separe os snacks como recompensa pelo bom comportamento.

É sempre gratificante mimar nossos pets com algo que eles adoram, mas como tudo em exagero faz mal, também é necessário dosar bem os lanchinhos na hora de parabenizar os cães.

Na verdade, essa já é uma das primeiras lições na hora de oferecer petiscos a eles: reserve-os para momentos em que você quer parabenizar um bom comportamento, como a obediência a um comando específico, por exemplo. No caso do adestramento de filhotes, o ideal é uma ração apropriada para a idade. Quem explica os detalhes é a médica-veterinária Mayara Ramos da Silva, especialista em comportamento animal. “Quando o animal é muito novinho deve-se evitar oferecer bifinhos ou coisas do tipo. Mas de maneira geral, a recompensa pode ser oferecida sempre que o animal tiver um comportamento desejável, mas nunca em grande quantidade. Para adultos, os bifinhos podem ser oferecidos, mas sempre em pequenas porções e em momentos específicos, o que também ajuda a manter o interesse do animal no alimento diferente”.

Já em relação à ração do dia a dia, o ideal é estipular um horário para a refeição, geralmente duas vezes ao dia – por exemplo, por volta das 10h e das 19h, já que é importante que o cão tenha uma rotina e horários bem definidos. Caso ele não mostre interesse pela ração no horário estipulado, guarde-a novamente, e a ofereça mais tarde, no horário da segunda refeição. Deixar a ração exposta por muito tempo pode prejudicar os nutrientes que a compõem e também atrair insetos e animais indesejados.

Também não substitua a ração convencional pelos snacks. “Eles não equivalem à alimentação cotidiana. Existem certos petiscos que são classificados como super premium e têm todos os nutrientes da ração. Esses, sim, podem substituir uma refeição do dia, em casos em que o cachorro esteja em treinamento, mas não é recomendado substituir todas as refeições por petiscos”, esclarece a veterinária.

Outra alternativa são as rações úmidas em latinhas, apropriadas para misturas com a ração seca, o que deve ser feito gradualmente, para não comprometer o funcionamento gastrointestinal do animal. Também existem molhos para chamar atenção do cão. Mas, de acordo com Mayara, somente algumas dessas rações úmidas podem substituir totalmente a ração seca. “Existem linhas específicas para esse tipo de uso, mas via de regra, animais saudáveis devem conseguir comer sem problemas exclusivamente o alimento seco”. Esse tipo de ração, “crocante” estimula os músculos faciais, dentição, facilita a digestão e a formação do bolo fecal.

Diferentemente da ração, deixe sempre um potinho de água fresca disponível para seu pet!

Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.