Portal Melhores Amigos | RG Pet: segurança e comodidade para cuidar do seu animal de estimação
4441
single,single-post,postid-4441,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

RG Pet: segurança e comodidade para cuidar do seu animal de estimação

26_Fev

21 fev RG Pet: segurança e comodidade para cuidar do seu animal de estimação

Os chips de identificação para animais de estimação já são bem populares, mas há outras maneiras de manter seu pet protegido e com dados armazenados de forma segura.

 

Uma alternativa simples e gratuita foi criada pelo Instituto Pet Brasil, o RG Pet. Trata-se de um banco de dados unificado, que garante segurança e confiabilidade. Mas como funciona, e por que vale a pena?

 

Um número único vincula informações do animal e do tutor. “A ideia é reunir as informações das diversas plataformas já existentes, sejam elas o chip subcutâneo, sistemas municipais e cadastros biométricos – explica a diretora-executiva do Instituto Pet Brasil (IPB), Martina Campos. Criadouros, estabelecimentos do agronegócio, centros de zoonoses e demais órgãos públicos também podem utilizar as ferramentas do RG Pet.

 

Além de não gerar custos para os donos de animais de estimação, o RG Pet é uma opção para aqueles que acreditam que o chip subcutâneo é muito invasivo. Outro empecilho é o fato de que o chip só pode ser aplicado por médicos-veterinários, cuidado importante, mas que cria mais uma dificuldade para a ampla utilização do método.

 

Os únicos gastos previstos são os serviços prestados pelas clínicas veterinárias ou pet shops, que devem ser pagos diretamente aos estabelecimentos, referentes ao custo do chip – caso o método seja escolhido – e a mão de obra dos profissionais.

 

Da mesma forma, prefeituras possuem cadastros de animais de estimação – em algumas cidades o cadastro é obrigatório, em outras não. Certo é o fato de que, até agora, as diferentes formas de identificação para os pets sempre foram ferramentas descentralizadas. Além disso, os dados armazenados são, até hoje, administrados somente pelas companhias fabricantes dos chips, ou pelas prefeituras, no caso dos centros de zoonose. “A ideia de RG Pet é ser um cadastro unificado, facilitando o controle e cuidado dos animais, explica a representante do IPB.

 

Em breve, plataforma prevê ainda o registro de animais por meio de identificação biométrica, semelhante à captura de digitais do RG humano. No caso dos cães será utilizado o focinho do animal, que é único, assim como as digitais humanas.

 

A ferramenta já está online. Para cadastrar tutores e pets o processo é simples e realizado através do site do RG Pet. Acesse www.rgpet.org.br.

 

“Entre os benefícios está também o controle e contagem da população de animais estimação do país, e outras estatísticas confiáveis sobre a população pet. Também será possível promover com mais detalhamento a posse responsável”, conclui Campos.

Outros benefícios e funcionalidades gratuitas

  • Cadastro e controle de vacinas
  • Aviso de vencimento das vacinas
  • Aviso de aniversário do animal.
  • Cadastro de ocorrências veterinárias com upload de arquivos como exames ou receitas de medicamentos digitalizados.
  • Possibilidade de impressão do histórico de vacinas e ocorrências veterinárias.
  • Impressão de carteirinha de RG Pet com os dados do animal.
  • Acesso via celular para atualização e cadastro de novas vacinas ou ocorrências veterinárias em tempo real.
  • Número ilimitado de animais cadastrados pelos donos.

 

Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.