Portal Melhores Amigos | Pets podem ter terçol?
3617
single,single-post,postid-3617,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Pets podem ter terçol?

weimaraner-1381186_1920

06 jun Pets podem ter terçol?

A preocupação com a saúde dos pets é algo recorrente na vida de todo mundo que tem um melhor amigo de quatro patas ao seu lado. E uma dessas preocupações esbarra em uma doença que acomete humanos: o terçol. Será possível que essa condição também possa afetar nossos pets?

Segundo a médica veterinária Alessandra Ramon Mastrocinque, a resposta é sim: o terçol atinge animais – especialmente cães e gatos. “Seu diagnóstico se dá através do histórico do paciente e de um exame físico”, explica.

E, curiosamente, os sintomas do terçol nos pets são bem parecidos com o terçol em humanos. “Acontece o aparecimento de uma formação na pálpebra dos animais, geralmente na parte interior mas, às vezes, também pode acometer a superior”, diz Alessandra. “Os olhos podem ou não ficar avermelhados, e isso depende muito do grau da infecção”, completa.

O terçol nos pets é causado por um grupo de bactérias de nome Staphylococcus, e atuam com uma infecção das glândulas das pálpebras.

Segundo Alessandra, a maioria das infecções em pets são leves e não pedem um tratamento médico forte – basta realizar o acompanhamento veterinário do animal. Em casos mais severos, porém, recomenda-se o uso de antibióticos, pomadas e colírios para que o seu pet fique curado o mais rápido possível.

Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.