Portal Melhores Amigos | Pets podem doar sangue?
3681
single,single-post,postid-3681,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Pets podem doar sangue?

pet-3157961_1920

18 jul Pets podem doar sangue?

É comum que, em casos de acidentes com pets que acabam perdendo sangue, exista uma transfusão sanguínea. E é nessa hora que muitos tutores se perguntam: todo pet pode doar sangue?

Segundo a médica veterinária Paula Pieruzzi, sim! “Os animais podem participar de transfusões sanguíneas para salvar outros cães. Necessariamente devem ser da mesma espécie: cães doam sangue para cães e gatos para gatos, pois nas hemacias (eritrócitos) existem proteínas de membrana específicas para cada espécie”, explica.

Mas não é qualquer pet que pode doar sangue! Confira, de acordo com Paula, os pré-requisitos para cães e gatos participarem dessa atitude que pode salvar outras vidas:

Câes:

  • O animal deve estar saudável.
  • Ter idade entre 1 e 8 anos.
  • Peso igual ou acima de 27 Kg.
  • Estar com vacinas e vermífugos em dias.
  • Livre de ectoparasitas (pulgas e carrapatos).
  • Ser dócil.
  • Mediante triagem, ser negativo para as seguintes doenças: Anaplasmose, Brucelose, Babesiose,Dirofilariose, Erliquiose, Leishmaniose e Doença de Lyme.
  • Se for fêmea não pode estar no cio ou gestante.

Gatos:

  • O animal deve estar saudável.
  • Ter idade entre 1 e 8 anos
  • Peso superior a 3,5 kg
  • Ter criação sem acesso à rua
  • Vacinado e vermifugado
  • Sem doenças infecciosas
  • Alimentado apenas com dieta comercial
  • Não tomar medicações além de vermífugos
  • Sem histórico de doenças graves
  • Nunca ter recebido transfusões
  • Não ser obeso

Ainda que cães possam doar 20mL de sangue por kg, a coleta, segundo Paula, tem um volume máximo de 400 a 450 mL por cão. Já os gatos não doam mais que 18 mL de sangue por kg, considerando que são muito menores e mais leves que seus amigos da outra espécie.

E não importa se o seu pet é cão ou gato: Paula recomenda que, após a doação de sangue, o tutor proporcione ao animal um ambiente tranquilo e, no caso de cachorros, evite o passeio no mesmo dia.

Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.