Portal Melhores Amigos | Os benefícios dos cães para quem vive sozinho
2543
single,single-post,postid-2543,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Os benefícios dos cães para quem vive sozinho

cachorro-morar-sozinho_DOMINIO-PULICO

03 fev Os benefícios dos cães para quem vive sozinho

A velha máxima de que “o cachorro é o melhor amigo do homem” tem sua verdade. Cada vez mais surgem estudos científicos que comprovam os benefícios de ter um cãozinho como companhia, inclusive para quem vive sozinho. Por exemplo, você sabia que o ser humano libera hormônios diferentes quando está em contato com um pet?

“Há a liberação da ocitocina ou oxitocina, hormônio conhecido por criar vínculos entre indivíduos. E também menor liberação de cortisol, um dos hormônios responsáveis por causar o estresse”, comenta Carolina Rocha, médica-veterinária mestre em comportamento animal e fundadora da Pet Anjo.

A pessoa também muda de comportamento quando está cuidando de algo e passa a não se sentir tão sozinha. “Ela passa a ser responsável por outro ser vivo, o que traz um sentimento geral de bem-estar, e também um objetivo de vida. É cientificamente comprovado”, explica a médica-veterinária.

No caso do cachorro, até nossa parte física é afetada positivamente. A necessidade de passear torna o dono uma pessoa mais ativa. A rotina diária, que inclui brincadeiras constantes com o bichinho, vai nos fazer cansar mais. “A pessoa, que terá mais responsabilidade e afazeres, acaba dormindo melhor também. Já vi casos de pessoas que precisavam tomar soníferos para dormir e, após adquirir um cachorro, passaram a precisar menos”.

As vantagens não têm limitação com a idade. Por exemplo, idosos, que muitas vezes moram sozinhos, podem fazer mais exercício na companhia de um cão. A recuperação de algumas doenças, como infarto, também pode ser melhor com quem tem um cachorro, pois diminui o sedentarismo do paciente.
Outra vantagem diz respeito à sociabilidade, pois o dono sai para passear e conhece outros donos de cães. Em várias partes do Brasil há encontros para passeios coletivos com cães da mesma raça, como a Shibarada, de Shiba Inu.

É importante ressaltar que, se a pessoa mora sozinha, há uma chance maior de o cãozinho ficar muito tempo sem nenhuma companhia. Então, é essencial oferecer a estrutura e disponibilidade necessárias para ter um cachorro em casa. “É um animal muito social e depende muito mais da companhia de um humano do que outros animais. Se você não puder oferecer isso, para o cão vai ser muito estressante”, alerta Carolina. Nesse caso, ela aconselha considerar um pet que não dependa tanto de seu dono, como um gato, roedor ou peixe.

Da Redação
Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.