Portal Melhores Amigos | Os benefícios da TAA para deficientes físicos
1107
single,single-post,postid-1107,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Os benefícios da TAA para deficientes físicos

cachorro_terapia_deficiente

03 dez Os benefícios da TAA para deficientes físicos

A beleza e a magia que acontece na interação entre humanos e animais é tão incrível que sempre tem algo a mais pra falar. Por isto, desta vez, você vai conhecer um pouco sobre como funciona a Terapia Assistida por Animais (TAA) realizada com pessoas portadoras de deficiência física.

“As ‘Cinoterapias’ ou Terapias Assistidas por Animais são recursos que utilizam técnicas e metodologias específicas para aumentarem a qualidade de vida e o sucesso em diversos tipos de tratamentos, dentre eles, a reabilitação nas deficiências físicas”, diz Alexandre Tamashiro, empresário e adestrador de cães da empresa Kions – Adestramento & Passeio, localizada em São Paulo.

A Kions promove Intervenções Mediadas por Animais (IMA) na AACD – Mooca desde 2001. Alexandre conta que os principais objetivos destas intervenções aplicadas a pessoas com necessidades especiais são promover a socialização dos pacientes atendidos e melhorar a qualidade de vida dos mesmos.

Benefícios

“A Terapia Assistida por Animais mostra-se um instrumento de grande valor na produção do bem-estar em pessoas com necessidades especiais. Dentre as alterações mais ocorridas, podem ser citadas: a redução da ansiedade, o incremento do convívio social, a melhora do humor e da capacidade de expressão e o estímulo à memória”, descreve o empresário.

Os benefícios são inúmeros e, felizmente, eles só tendem a se multiplicar cada vez mais. “A presença e a interação com os animais pode recuperar a autoestima, além da reintegração à sociedade, devido à melhora do contato social que o animal permite-nos. Além de contribuir para a redução da pressão arterial, frequência cardíaca, redução do estresse, nível de cortisol (hormônio indicador de estresse), entre outros”, conta Alexandre.

Segundo o empresário, “a presença de animais representa um fator de motivação importante para a realização de exercícios físicos, tornando os indivíduos mais ativos e responsivos durante e após as visitas. Outro aspecto notável é a melhora na verbalização, um item importante trabalhado neste tipo de terapia”, relata.

“A TAA possibilita tornar a abordagem terapêutica mais prazerosa e o ambiente mais descontraído, não somente para o paciente, mas também para os profissionais envolvidos. Por isso, é preciso buscar alternativas humanizadas e diferenciadas, proporcionando melhora na comunicação e relacionamento entre pacientes e profissionais da saúde, tratando o paciente em sua totalidade, considerando não somente o aspecto físico, mas também o emocional e cognitivo”, conclui Alexandre.

Ainda bem que a gente não para de se surpreender com o poder da nossa relação com os animais, né?

 

 

Por: Paula Soncela
Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.