Portal Melhores Amigos | O que significa quando meu gato traz “presentinhos”?
3361
single,single-post,postid-3361,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

O que significa quando meu gato traz “presentinhos”?

cat-1296998_1920

22 dez O que significa quando meu gato traz “presentinhos”?

Se você tem um gatinho, pode ser que já tenha se deparado com algum bicho morto em algum cômodo da casa. Esses “presentinhos” não muito agradáveis podem ser ratinhos ou alguma ave, mas, antes de sair furioso com o seu felino, saiba que esse comportamento é uma característica de caça desses animais.

“Isso nada mais é do que um instinto do felino. Eles reproduzem algo que aprenderam”, diz Carolina Tizano, técnica em veterinária e cat sitter. “Quando são pequenos e selvagens, a mãe ensina esses felinos a caçar. Primeiro ela traz a presa morta e dá para que os filhotes a comam. Com o passar do tempo, ela traz a presa viva para que eles aprendam a matar e depois a comer. Por último, eles devem sair na natureza e fazer todo o processo sozinhos”, explica.

Apesar de fofos e de viverem no ambiente doméstico, os gatos não perderam esse instinto e continuam reproduzindo esse comportamento — apesar de, normalmente, matarem, mas não comerem a presa.

“Quando estão em casa, eles caçam a vão levar a presa para a pessoa que possuem maior vínculo afetivo. Em geral, é a pessoa que cuida, que medica, que troca areia dele”, diz Carolina. Por isso, saiba que, para os gatos, esses “presentinhos” podem ser uma prova de amor para o tutor que mais gostam na família.

Esse instinto de caça dos gatos pode ser observado em outros comportamentos comuns a esses animais, como a preferência por estar em lugar altos, que dão uma ampla visão do ambiente, e por algumas brincadeiras. Essa conduta varia, no entanto, de acordo com a idade e a raça dos gatos — Siamês e Bengal, por exemplo, costumam ser mais ativos e tendem a apresentar esses comportamentos de forma mais pronunciada.

Por isso, vale a pena investir no enriquecimento do ambiente com prateleiras e oferecer brinquedos que estimulem o gato, como objetos que se movem ou “voam”, como ponteiras de laser, bolinhas de papel “recheadas” com petiscos, bolinhas leves jogadas de forma rasteira e varinhas com penas na ponta (que simulam aves voando baixo).

Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.