Portal Melhores Amigos | Lista: os cinco cães mais famosos do cinema
3387
single,single-post,postid-3387,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Lista: os cinco cães mais famosos do cinema

Cena do filme Beethoven.

05 jan Lista: os cinco cães mais famosos do cinema

Vira e mexe os filmes trazem aquele cãozinho que é mais do que apenas o melhor amigo dos personagens. Ele rouba as cenas: é para ele que torcemos, esperamos ver, morremos de vontade de apertar e até de ter em casa. É o protagonista da produção e se torna marcante no nosso imaginário. O cineasta e jornalista Airton Raes nos ajudou a elaborar uma lista dos cães mais famosos do cinema. Confira:

 

  1. Marley (Marley e Eu)

 

Quem não ama labradores? Marley ficou no imaginário de todos como o labrador arteiro em um filme que nos levou a risadas e lágrimas. O cão surge quando o protagonista John está em dúvida se pode ser pai e um amigo sugere que compre um cachorro para a esposa. John aceita a sugestão e adota Marley, um labrador de 5 kg que logo se transforma em um grande cachorro de 45 kg, o que torna a casa deles um caos.

 

  1. Cão (Mad Max 2)

O Boiadeiro Australiano ao lado de Mel Gibson em Mad Max tornou-se uma das imagens mais icônicas na década de 80. O cão sem nome tinha personalidade própria estando sempre ao lado de Mad Max, inclusive nas lutas e na procura de combustível, o bem mais precioso de todos na realidade retratada pela película.

 

  1. Baleia (Vidas Secas)

Como no livro de Graciliano Ramos, a cena da morte de Baleia na adaptação de 1963 por Nelson Pereira dos Santos mantém o impacto e emoção. Durante o filme, Baleia vaga sem destino pelo sertão com Fabiano, Sinhá Vitória e seus dois filhos, sobrevivendo às forças da natureza e à crueldade dos homens.

 

  1. Uggie (O Artista)

O Terrier apareceu em diversos filmes, inclusive sendo premiado, mas em O Artista (2011) faz sua mais famosa aparição, sendo praticamente um segundo protagonista. A performance fez com que o cãozinho ganhasse o Cannes, livro de memórias e estrela na Calçada da Fama.

 

  1. Bethoven (Bethoven: O Magnifico)

Figura obrigatória na sessão da tarde, Bethoven virou sinônimo da raça São Bernardo, dispensando maiores apresentações. No filme, o mascote vai morar na casa dos Newtons, levando alegrias e também muitos tumultos. Ele também precisa fugir do plano do veterinário local de colocá-lo na lista de cachorros para experimentos. É aventura e diversão na certa.

Já se emocionou ou se divertiu com eles? Incluiria algum outro cãozinho nessa lista?

Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.