Portal Melhores Amigos | Gerbo de Duprasi, um primo durão do esquilo
1777
single,single-post,postid-1777,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Gerbo de Duprasi, um primo durão do esquilo

duprasi

20 jul Gerbo de Duprasi, um primo durão do esquilo

Originário de países com climas desérticos, como Egito, Líbia, Tunísia e Argélia, o Gerbo de Duprasi (Pachyuromys duprasi) é um pequeno roedor que vive até cinco anos, em média, e atinge entre oito e dez centímetros , quando adulto. Sua pelagem é dourada e curta. Apesar de parecer um doce e frágil primo do esquilo, o Gerbo de Duprasi é bem durão.

Tendo evoluído por milhares de anos no rigor do deserto, esse animalzinho se adaptou para aproveitar o máximo possível de seu hostil habitat natural, que é seco e inóspito. Por exemplo, ele desenvolveu um sistema de armazenamento de água e gordura em sua cauda, que é mais grossa do que a de outros roedores, dando ao Gerbo de Duprasi um de seus outros nomes, bem mais divertido: gerbo-de-cauda-gorda.

Ainda pouco conhecido no Brasil, esse pequeno parente dos esquilos pode ser uma excelente opção de pet. O Gerbo de Duprasi é um bicho diurno, mas que tira sonecas várias vezes ao longo do dia, e, geralmente, de modo bem engraçado: com a barriga virada para cima e as patinhas estendidas. Ele não costuma ser agressivo com seres humanos quando seus limites são respeitados, mas é bom deixar esse bicho longe de outros exemplares da mesma espécie. Confinar dois ou mais destes animais em um mesmo espaço pode render brigas bastante violentas. Melhor evitar!

Cuidados especiais

O Gerbo de Duprasi deve ser mantido em um aquário e é importante que tenha à disposição uma roda de exercícios, que é ótima para o alívio do estresse. Esse habitat deve ter entre 60 e 75 cm de comprimento e conter vários tubos de papelão, para simular as tocas do bicho. O piso do aquário pode ser feito de várias camadas de pedaços de carpete, que são bem resistentes ao hábito de mastigar do roedor. Uma vez por semana, ele pode receber um banho de areia de chinchila, vendida em pet shops.

Na hora de dar comida, o tutor pode usar o mix de alimentação dos hamsters, com a adição de pellets de alfafa. Como o Duprasi é insetívoro na natureza, ele pode receber suplementação de proteínas por meio de ração seca para gatos ou biscoitos caninos. Além disso, uma ou duas vezes por semana o tutor pode oferecer fatias de frutas ou vegetais frescos, como chicória, cenoura, brócolis, couve-flor, uvas e maçã.

Animado para ter um Gerbo de Duprasi como fiel amigo e companheiro?

Caio Ramos
Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.