Portal Melhores Amigos | Dr. Responde: Todos os cães podem ser tosados?
2008
single,single-post,postid-2008,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Dr. Responde: Todos os cães podem ser tosados?

cachorro-tosa

02 set Dr. Responde: Todos os cães podem ser tosados?

No mundo canino, se existe algo que é infinito é a diversidade de formas, tamanhos, cores e texturas que existem dos pelos. Tem cão pelado, peludo, de pelo espinhento, sedoso e cada um requer um tipo de cuidado.

Sendo assim, fique por dentro dos fundamentos da tosa canina, aprenda a lidar com a pelagem do seu cãozinho e saiba que todas as raças de cães podem ser tosadas de acordo com suas particularidades.

“A tosa é recorrente de acordo com a necessidade do cliente. Animais de pelagem longa, curta, mista, pelagem primitiva e pelagem dupla podem ser tosados. A tosa nada mais é do que uma forma de manter a higiene e estética do animal”, esclarece Erick Morgado, groomer, instrutor especialista em pelagem fluffy e proprietário da Personal Pet Escola, escola especializada em cursos de banho e tosa, de São Paulo.

Segundo o instrutor, as tosas podem ser feitas com uso de máquinas com lâminas e adaptadores e tesouras reta, curva, dentada e tubarão, variando de acordo com a habilidade do profissional.

Apesar de todas as raças de cães (incluso aí os SRD) poderem ser tosadas, existem algumas exceções que requerem o aval do veterinário para terem seus pelinhos devidamente aparados.

“Animais idosos portadores de certas complicações, como problemas cardíacos, dermatológicos, problemas na coluna, animais que não vão ao pet shop com frequência (não adaptados), ou seja, que podem demonstrar alguma instabilidade de comportamento, colocando em risco seu próprio bem-estar, só podem ser tosados mediante autorização veterinária”, alerta o especialista.

O que é e quais são os cuidados com a pelagem dupla

Além da imensa variedade e estilos de pelos caninos, algumas raças apresentam o que chamamos de “pelagem dupla” que é dividida em duas camadas: o pelo principal (que é mais liso, grosso ou áspero e está presente em todos os cães) e os subpelos (também chamados pelos secundários, que são mais ondulados, finos e macios e sempre mais curtos do que os principais).

“Pelagem dupla é a presença do pelo com subpelo nos animais. Este tipo de pelagem tem por finalidade servir como uma manta térmica e isolante, que no inverno protege para que o animal permaneça aquecido e no verão evita que o corpo absorva calor. Ou seja, ela conserva a temperatura sem deixar o animal com sensação extrema de frio ou calor”, ilustra Erick.

O especialista explica que em animais de pelagem dupla é feito o trimming com materiais específicos para não ocasionar problemas dermatológicos. “As técnicas mais utilizadas atualmente são o Handstripping, Carding e Plucking, que permitem a remoção do subpelo e conservação do pelo, fazendo com que o animal fique com aspecto natural mantendo o padrão da raça”, diz.

Por isso que, na hora do banho e tosa, é imprescindível sempre levar seu cãozinho no profissional especializado que ofereça um serviço de qualidade e de acordo com as características do seu pet.

 

 

Por Paula Soncela
Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.