Portal Melhores Amigos | Crianças e animais: uma parceria realmente saudável
3820
single,single-post,postid-3820,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Crianças e animais: uma parceria realmente saudável

Post_portalmelhoresamigos_6 (1)

10 out Crianças e animais: uma parceria realmente saudável

Muitos pais têm dúvidas sobre dar um animal de estimação de presente para seus filhos, ainda mais quando o Dia da Criança se aproxima. A preocupação é válida, mas os adultos podem ficar tranquilos: a convivência entre crianças de qualquer idade e animais é benéfica para ambos, desde que a guarda seja responsável.

 

“As crianças e os animais têm uma relação parecida com uma simbiose: ambos se desenvolvem juntos, tanto no campo de ações cognitivas, de aprendizado, quanto no físico”, explica a médica-veterinária Waleska Marques da Silva. Veja a seguir os principais benefícios dessa parceria, tanto para as crianças quanto para os bichinhos.

 

Senso de responsabilidade

Os animais de estimação exigem cuidados diários, como dar comida, trocar a água, ensinar a fazer xixi no lugar certo, dar banho e dar medicação. Na medida em que os pais começam a dividir com as crianças esses cuidados, esta adquire um senso maior de responsabilidade e respeito ao outro ser vivo.

 

Obviamente, isso também beneficia o PET, já que, quanto mais pessoas estão preocupadas com seu bem-estar e saúde, melhor para ele.

 

Resistência a doenças

“Crianças em contato com os animais desde cedo são expostas a vários agentes infecciosos e com isso têm um desenvolvimento imunológico maior e melhor, porque o organismo tende a produzir anticorpos para se defender”, explica Waleska. O exemplo mais comum é a resistência a alergias, já que as crianças têm o contato com os pelos dos animais e acabam adquirindo resistência a eles.

 

A veterinária alerta que, apesar disso, os tutores devem estar atentos a doenças de pele  e fungos dos animais. “Algumas doenças, como a sarna ou doenças fúngicas, podem ser transmitidas para os humanos. Neste caso, não há de se falar de resistência. É essencial o acompanhamento veterinário e estar sempre com as vacinações em dia e vermifugação feitas”.

 

Equilíbrio

Animais estimulam o desenvolvimento da coordenação motora das crianças, o que inclui a questão do equilíbrio para os mais novas. “Há vários vídeos na internet que mostram isso. O animal incentivando a criança quando ela começa a dar os primeiros passos, acompanhando esse processo”, afirma Waleska. “Os animais adultos entendem que a criança não tem a mesma percepção e refinamento que os adultos têm e participam do desenvolvimento da criança com paciência e carinho”.

Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.