Portal Melhores Amigos | Como enriquecer seu apartamento e torná-lo mais interessante para cães: acessórios e decoração
Cachorros em apartamento, Cachorro em apartamento, Gato em apartamento, Adaptação cachorro, Adaptar cachorro em apartamento, Gato em apartamento, Melhores brinquedos para gatos, Melhores brinquedos para cachorro, Decoração para quem tem gatos, Decoração para quem tem animais de estimação
3718
single,single-post,postid-3718,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Como enriquecer seu apartamento e torná-lo mais interessante para cães: acessórios e decoração

wade-austin-ellis-668747-unsplash

08 ago Como enriquecer seu apartamento e torná-lo mais interessante para cães: acessórios e decoração

Nem sempre é fácil adaptar cães a apartamentos – pets mais agitados ou de porte diferentes do pequeno podem precisar de atenção especial no que diz respeito a uma vida mais saudável e alegre. Sendo assim, é comum que muitos tutores preocupem-se com o enriquecimento do ambiente, tanto no que diz respeito à decoração quanto a possíveis acessórios.

 

Para entender melhor como facilitar (e melhorar) a vida do pet e do tutor, falamos com o médico veterinário Rodrigo Monteiro.

 

Rodrigo lembra, antes de qualquer coisa, que esta questão acaba sendo um pouco mais urgente quando falamos de outro pet: os gatinhos. “O enriquecimento ambiental é muito mais importante para os gatos do que pra os cães, uma vez que os mesmos são capazes de se adaptar muito bem a muitas condições adversas, o que não ocorre com os gatos”, pontua. “No entanto, manter o animal em un ambiente tranquilo, sem barulho excessivo faz com que os cães fiquem mais calmos. Em lares onde os tutores são mais agitados e nervosos, os cães também adquirem estas características marcantes”, explica.

 

Sobre acessórios, Rodrigo é pontual: brinquedos são a melhor pedida. “Eles podem ajudar na distração dos cães em casa, no entanto deve-se tomar muito cuidado na escolha dos mesmos”, alerta. “Brinquedos que podem soltar fragmentos ou outras substâncias não são indicados , uma vez que o animal poderá ingerir quaisquer resquícios que se destacarem doa brinquedos”, completa.

 

Em termos de decoração, uma simples busca na internet oferece muitas dicas para possíveis medidas de segurança com seus bichinhos, para que eles não se coloquem em risco (nem destruam seu apartamento). Destacamos, aqui, duas dicas:

 

– Manter o sofá limpo

Esta prática evita que o pet possa ingerir algo que faça mal para ele – seja objetos cortantes ou tóxicos.

 

– Pensar nos objetos

É importante analisar quais objetos estão no alcance do pet – especialmente se ele não for de pequeno porte -, já que, curiosos, os bichinhos podem sair por aí buscando algo que não lhes pertence – e gerar uma dor de cabeça para ele e para você, tutor.

Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.