Portal Melhores Amigos | Como brincar com seu peixe Betta
2681
single,single-post,postid-2681,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Como brincar com seu peixe Betta

betta_DOMINIO-PUBLICO

20 mar Como brincar com seu peixe Betta

Na hora de escolher um pet, muitas pessoas descartam os peixes. Em busca de uma companhia para brincar, elas acreditam que eles este animalzinho não será tão brincalhão quanto um cachorro ou gato. E não poderiam estar mais enganadas.

Um exemplo de peixe que adora brincar e deve se manter ativo é o Betta. Esta espécie, popular no Brasil, vive em aquários bem pequenos, e os machos precisam ficar isolados e separados uns dos outros para evitar conflitos. Por isso, o Betta pode ficar entediado e solitário se não receber os estímulos certos de seus proprietários.

Alguns acessórios ajudam a manter seu Betta ativo e brincalhão. Decorações flutuantes, como plantas falsas ou reais, vão deixá-lo curioso, e ele vai nadar em torno dos objetos. Se você quiser dar algo a ele para empurrar pelo aquário, uma opção é uma bola de pingue pongue.

Este peixe também é conhecido por aprender uma série de truques simples. “O ideal, como com todos os pets, é não forçar o animal e ter muita paciência. Com o tempo, ele irá adquirir o gosto pelas brincadeiras que você ensinar”, explica a médica-veterinária Bruna Tiemy Miagawa. Para isso, é importante sempre relacionar o novo truque com alguma coisa prazerosa. “Na maioria dos casos, os donos utilizam comida. Por exemplo, quando colocar comida no aquário dele, deixe sua mão próxima para ele relacionar sua mão à alimentação. Com o passar do tempo, à medida que ele for fazendo esta associação, dá para ir testando novas coisas.”

Os proprietários podem também colocar a mão no vidro antes da alimentação, sem encostar no aquário. Nas próximas vezes, o Betta vai achar que está para ganhar comida, e vai acompanhar sua mão onde quer que ela vá.

Alguns Bettas chegam a aprender truques mais elaborados. “Já vi casos também em que os donos ensinam os peixinhos a passar em pequenas argolas. Eles colocam a comida do outro lado da argola, e ele passa por ela para se alimentar”, acrescenta Bruna. Assim que o peixe se sentir mais confiante nadando pelo aro, dá para levantar o objeto pouco a pouco, até que a parte inferior do aro toque a superfície da água. Com a prática, seu peixe conseguirá saltar da água pelo aro para ganhar comida.

O ideal, principalmente com um animal delicado como o Betta, é não encostar nele. Pelo bem da saúde do pet e da sua também. Bruna explica: “o dono pode transmitir alguma doença para ele e vice-versa. Este contato também acaba estressando o peixe, e ele vai associar isso a algo negativo”, explica a especialista.

Antes de partir para a brincadeira com seu Betta, não se esqueça da higienização correta das mãos. “É muito importante lavar bem as mãos antes e depois de brincar com o peixinho. Quando for utilizar ‘brinquedinhos’ com eles, não se esquecer de desinfetá-los com um pouco de água sanitária diluída e depois enxaguar abundantemente com água sem cloro”, finaliza.

Da Redação
Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.