Portal Melhores Amigos | Chihuahua: gênio forte e muito carisma
chiuaua, chihuahua, raça pequena de cachorro, cachorro pequeno
1231
single,single-post,postid-1231,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Chihuahua: gênio forte e muito carisma

cachorro_raca_chiuauaua

26 jan Chihuahua: gênio forte e muito carisma

Tamanho, definitivamente, não é documento para este pequeno notável. Irresistível, o Chihuahua é considerado a menor raça de cães do mundo e pode chegar a até 22 cm de altura. Se fosse lutador de MMA, estaria na categoria dos pesos-mosca, já que não passa dos 3 kg. Porém, não se deixe enganar por sua estatura ou por seu olhar meigo – o bicho é atrevido e tem personalidade forte.

Cheio de energia, o Chihuahua possui instinto de caça e é um bom cão de guarda. Além disso, é uma raça reservada com estranhos, mas que se dá bem com outros animais, desde que socializado desde cedo. Dito isso, você pode perguntar: por que esta é a raça toy preferida por tantas pessoas? Rápido, alerta, cheio de vida e corajoso, o Chihuahua também é extremamente devoto a uma pessoa. Portanto, é um animal carinhoso, fiel e parceiro. “Geralmente, ele se apega a uma das pessoas da casa e se torna um grande companheiro dela”, conta a médica veterinária comportamental Carolina Rocha, fundadora do Pet Anjo.

Para além da divertida sonoridade, os chihuahuas foram nomeados em homenagem ao estado mexicano Chihuahua. A razão? Acredita-se que a raça seja originária dessa região e que, nos tempos remotos, tinha uma função cerimonial nos rituais toltecas. Fofo e misterioso!

Empolgado para dar um lar – e muito, muito, mas muito amor – para um Chihuahua? Então, fique ligado nas dicas a seguir.

Um chihuahua para chamar de seu

 Em primeiro lugar, procure um criador responsável, que conheça a raça e faça cruzamentos corretos. “Doenças genéticas comuns incluem luxação de patela (na articulação dos joelhos) e problemas cardíacos. Saiba o histórico dos pais do cachorro e verifique se o cão foi vacinado e vermifugado. Estes podem ser sinais de cuidados do criador”, orienta Carolina.

Antes de adotar ou comprar qualquer peludo, você deve se comprometer a assumir uma importante responsabilidade: cuidar do pet pelo resto da vida dele. No caso do Chihuahua, que tem uma das expectativas de vida mais longas entre cães, são entre 15 e 18 anos de dedicação.

“O Chihuahua é um ótimo companheiro para adultos e idosos. Entretanto, por ser pequeno e frágil, não é recomendado para crianças com menos de dez anos, que podem machucá-lo não intencionalmente”, ressalta Carolina.

Quanto ao lar ideal, o chihuahua é bastante tolerante ao calor, mas odeia o frio. Ele também se adapta facilmente a espaços pequenos, como apartamentos. Mas atenção: isso não dispensa o passeio diário. Para ser saudável, este cão precisa de 30 minutos de atividade física por dia, segundo a especialista. Fique atento também a possíveis pontos de fuga, pois é comum o peludo escapar por pequenos espaços na cerca na casa.

 Além disso, você vai precisar de uma dose extra de paciência para treinar o seu cão, especialmente nos primeiros meses de vida. Quando comparado com outras raças, o Chihuahua precisa de treinamento a mais por conta dos insistentes – e estridentes – latidos. Afinal, um cachorro pequenino neste mundão precisa compensar seu tamanho diminuto de alguma forma!

“Esta raça precisa de uma socialização precoce forte, especialmente no primeiro ano de vida. O contato com todos os tipo de estímulo fará com que ele se acostume com humanos, bichos, carros e chuva, por exemplo. Se isso não acontecer, ele se tornará um cachorro medroso e, por ser confiante, pode avançar e atacar o que lhe traz insegurança. É o típico cão pequenino que não sabe que é pequenino”, diz Carolina.

A pelagem dos chihuahuas pode ser tanto curta, brilhante e bem assentada ao corpo quanto longa. No último caso, o pelo pode ser fino, sedoso e liso ou ligeiramente ondulado, o que demanda escovação frequente – de, pelo menos, duas vezes por semana. Já a coloração é diversa, com aproximadamente 60 cores.

Vale lembrar que todo pet demanda gastos básicos com ração, vermífugo, vacina, controle de pulgas, veterinário e banho e tosa. De acordo com a última pesquisa sobre o tema, realizada pela Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), o custo médio para manter um cão adulto é de R$ 239,97 mensais. Então, pense bem se você pode assumir este custo antes de trazer um bichinho para casa!

Chihuahua além da fama

Fato: os grandes olhos negros e expressivos dos Chihuahuas cativam pessoas indistintamente. Inclusive, existe uma vasta lista de celebridades que já desfilaram com seus cãezinhos no tapete vermelho. Entre elas, Paris Hilton, Reese Witherspoon, Madonna, Jennifer Love Hewitt, Britney Spears, Hillary Duff, Marilyn Monroe, Jennifer Lopez, Jamie Lee Curtis, Alyssa Milano, Cristina Rici, Anne Heche, Katherine McPhee e Sharon Osborne.

Entre 1997 e 2000, tornou-se a “raça-propaganda” de uma rede de restaurantes norte-americana de comida mexicana, o que ajudou a impulsionar a popularidade dos Chihuahuas no país. Tanto que o cão chegou ao 12º lugar no ranking de raças queridinhas pelos norte-americanos na época. Hoje, ela ocupa a 24ª posição. Abaixo, assista a um dos vídeos da campanha:

De tão irresistíveis, Chihuahuas já até estrelaram filmes – desde o blockbuster “Legalmente Loira” 1 e 2, protagonizado por Reese Witherspoon, até a série “Perdido para Cachorro” 1, 2 e 3, com Jamie Lee Curtis e Drew Barrymore. Eles também podem ser vistos em programas de TV, como “As Visões da Raven”, “Coragem, o Cão Covarde”, “Ren & Stimpy” e “Krypto, o Supercão”.

Em 2013, a Chihuahua porto-riquenha Miracle Milly foi reconhecida oficialmente pelo livro Guinness World Records como o menor cão do mundo, com apenas 9,6 cm de altura. Na época, a cadelinha tinha pouco menos de dois anos de idade e pesava apenas meio quilo.

 

 

Por: Marina Maciel
Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.