Portal Melhores Amigos | Carnaval: relaxar ou levar seu pet para a folia?
3442
single,single-post,postid-3442,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Carnaval: relaxar ou levar seu pet para a folia?

6826992061_9b70d6d972_b

09 fev Carnaval: relaxar ou levar seu pet para a folia?

Estamos a poucos dias do Carnaval, aquele feriado longo e tão esperado tanto por quem desejada descansar quanto para os gostam mesmo é de cair na folia. Com tantas opções, é hora de pensar no que é melhor também para o seu pet.

Para dar aquela ajudinha, entrevistamos Larissa Rios, fundadora da Turismo 4 Patas, que dá dicas para tutores e pets que buscam sossego ou vão sair atrás do bloco.

Se vocês vão viajar

A primeira dica é ficar atento às regras de trânsito: compre um cinto adequado para o transporte do seu pet e não se esqueça que é proibido levar animais soltos dentro do veículo. Isso pode dar multa e pontos na carteira de habilitação, além de colocar em risco a vida do animal, do motorista e dos passageiros do carro.

Resolvida a questão da segurança, lembre-se que há outros cuidados especiais. “Alimentar o animal pouco tempo antes da partida ou durante a viagem também pode não ser uma boa ideia. Muitos animais enjoam e passam mal durante a viagem. Se esse é o caso do seu pet, nada de medicar sem orientação veterinária! Ideal é oferecer a alimentação umas 3 horas antes”, diz Larissa.

Ah! E fique muito atento à hidratação do seu animal. “A escolha do melhor horário, fora do pico, com menos trânsito e melhor temperatura também deve ser uma questão a considerar. E programar paradas a cada 3 horas para que o pet possa esticar as patinhas e fazer suas necessidades”, indica ela.

Curtindo a sua cidade

Para quem prefere não pegar a estrada nesta época do ano, o Carnaval pode ser um ótimo momento para passear com o seu animal pela cidade. Qual tal levá-lo naquele parque que o seu cão adora? Já pensou em conhecer um café diferente que aceita pets?

No site da Larissa  há uma ferramenta de busca de estabelecimentos e locais pet friendly em todo o Brasil. “Escolha um roteiro que seja adequado ao perfil e às condições do seu pet e aproveite muito o tempo com ele”, diz. O Portal Melhores Amigos também já fez uma lista com 10 lugares para passear com o seu amiguinho.

Em casa, que tal aproveitar a maratona de séries para fazer aquele cafuné gostoso no seu pet? Se o seu animal tem muita energia, vale a pena dedicar mais tempo no feriado para fazer exercícios e brincar em família.

“Minha mascote, a Alegria, é louca por atividades em meio à natureza, que envolvam liberdade e muita água. Ela adora nadar. Então sempre que podemos, visitamos lugares onde haja rio, cachoeira ou lago. Ela também adora brincar de bolinha em seus passeios no parque”, diz Larissa.

Se vocês curtem a folia

Há quem goste de levar o pet para pular o Carnaval e, em algumas cidades, há até blocos específicos para esse público. Para Larissa, a escolha de levá-lo ou não para a folia é bastante delicada e deve ser tomada com responsabilidade pelo tutor. “Normalmente as atividades de carnaval envolvem muita agitação, aglomeração de pessoas e barulhos que, para uma audição aguçada como a do cão, podem ser prejudiciais”, diz.

Por esse motivo, ela defende que a participação do pet deve ser bem pensada. “Se realmente for um bloco específico para pets, que considere a saúde e o bem-estar dos animais, acima de tudo, deve ter seu desfile programado para um horário bem cedinho (até as 10hs da manhã, máximo) ou finalzinho do dia, pois o sol e o calor não colocarão a saúde em risco”, indica.

Neste caso, tenha muito cuidado com as patinhas no asfalto quente e nada de percorrer longas distâncias com animais que não estejam acostumados ou que tenham algum problema de saúde ou limitação física.

“Hidrate muito bem o seu animal antes, durante e depois da folia. Fantasias não devem dificultar a movimentação do animal, impedir a transpiração ou conter peças pequenas que possam ser engolidas. Prefira acessórios às roupinhas. Ah, não esquecer de identificar o seu animal, com uma plaquinha contendo seu nome e contato, para o caso dele se perder”, diz.

Bom Carnaval!

Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.