Portal Melhores Amigos | Cães podem comer frutas e verduras?
344
single,single-post,postid-344,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Cães podem comer frutas e verduras?

1903_destaque

19 mar Cães podem comer frutas e verduras?

Assim como vegetais fazem parte de uma dieta balanceada para os seres humanos, frutas, legumes e verduras podem trazer benefícios para os cães, desde que oferecidos com moderação.

“Apesar de já conter todos os nutrientes necessários para uma vida saudável, a ração pode ser complementada com vegetais. O ideal é conversar com o veterinário para a elaboração de um cardápio que atenda às exigências nutricionais do animal”, diz o Dr. Flávio Ely Toniazzi, médico veterinário da clínica Fox Pet, em São Paulo.

Veja alguns vegetais que podem ser incluídos na alimentação dos cães e seus principais benefícios.

Cenoura e Beterraba

Seu sabor é bastante apreciado pelos cães, o que faz desses legumes uma das opções mais escolhidas. Cenouras também são ótimas fontes de vitaminas A, C e potássio, importantes para a visão e o sistema imunológico. Deve ser oferecida, de preferência, descascada e cozida sem sal, para facilitar a digestão. Por suas propriedades similares, a beterraba também pode ser usada misturada à cenoura ou individualmente.

Brócolis
Oferece potássio, cálcio, zinco e ferro, cujos benefícios incluem a boa manutenção dos dentes, ossos e músculos do animal. Alguns donos misturam o vegetal cozido e picadinho à ração seca, já que alguns cães podem não aprovar o sabor.

Batata
Batatas devem ser evitadas, especialmente se estiverem passadas ou brotadas, pois nessa fase liberam uma toxina que pode fazer mal ao bichinho. No entanto, a batata é bastante agradável ao paladar dos pets e pode ser usada para ajudar a adaptá-los em mudanças bruscas na dieta. O indicado é cozinhar sem sal nem casca e oferecê-la em forma de purê.

Folhas
Alface, espinafre e couve são as folhas mais usadas como complemento à dieta. Como a textura desses alimentos pode dificultar a ingestão, o recomendado é cozinhar e cortar em tiras finas, que devem ser misturadas à ração. Oferecem vitaminas A e C, além de fósforo, cálcio e ferro.

Maçã e Pera
São ricas em probióticos e ajudam a regular as funções intestinais. Podem ser oferecida em cubinhos e com casca, desde que as sementes e talo sejam completamente removidos.

 

 

Por: Paula Saldanha
Nenhum Comentário

Postar um comentário