Portal Melhores Amigos | Ácido ou alcalino? Entenda a importância do pH para o seu aquário
537
single,single-post,postid-537,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Ácido ou alcalino? Entenda a importância do pH para o seu aquário

0806_peixes_ph_aquario

08 jun Ácido ou alcalino? Entenda a importância do pH para o seu aquário

O pH é uma escala de valores que mede a acidez ou alcalinidade relativa da água. Os valores vão de zero, equivalente à acidez máxima, até 14, que corresponde à alcalinidade máxima.

Aquários marinhos costumam ter o pH alto, estabilizado em 8,3. Já nos de água doce, a escala pode variar, indo de 5,5 até 9,0, de acordo com as espécies. Em aquários comunitários é comum manter o pH neutro, em torno de 7, um valor que costuma ser aceito por um bom número de peixes e outros animais aquáticos.

O pH da água é facilmente medido com o uso de kits à venda em lojas especializadas em aquarismo e pet shops. As formas de medição do pH podem ser tiras de papel de alta sensibilidade ou até mesmo dispositivos eletrônicos. O método mais comum e mais seguro, especialmente para quem não tem muita experiência com aquários, é um líquido que reage com a água e muda de cor, determinando o pH através de uma escala de tons.

Dependendo da espécie que vai colocar em seu aquário, você precisará medir o pH e talvez corrigi-lo com produtos químicos especiais, também encontrados em lojas especializadas. Além disso, outras variáveis podem afetar a acidez da água, como a fotossíntese das plantas, quantidade de peixes, alimentos de má qualidade, dejetos em excesso e filtragem insuficiente. Portanto, é indicado verificar o pH uma vez por semana.

É importante ter em mente a margem de tolerância da acidez do seu aquário, pois um pH mal calculado pode gerar sofrimento, doenças e até a morte das suas espécies.

Se quiser ajustar o pH do seu aquário, consulte um especialista em aquarismo e lembre-se de realizar o processo em etapas, para evitar que os peixes fiquem estressados.

 

 

 

 

Por: Paula Saldanha
Nenhum Comentário

Postar um comentário