Portal Melhores Amigos | Acará Joia: conheça este peixe resistente e valentão
1889
single,single-post,postid-1889,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

Acará Joia: conheça este peixe resistente e valentão

acaraja-joia

02 ago Acará Joia: conheça este peixe resistente e valentão

Ele leva quase o mesmo nome de batismo de alguns seres aquáticos das águas doces brasileiras, porém, sua origem, características físicas e psíquicas são um tanto quanto diferentes dos nossos peixes.

Origem

O Acará Joia ou Peixe Joia – mais conhecido também como Hemichromis bimaculatus no meio científico – é um ser de origem africana, distribuído largamente nas bacias hidrográficas e costeiras da República Democrática do Congo, Camarões e do Nilo.

Características Físicas

O tamanho médio de um espécime é de 12 centímetros, sendo que os machos adultos são maiores que as fêmeas adultas e apresentam cores mais vibrantes – as meninas são um pouco mais opacas, por assim dizer.

Suas principais características físicas são as três manchinhas negras localizadas no opérculo (estrutura que protege as brânquias), no meio do corpo e na base da nadadeira caudal.

Tem fama de ser um peixe rústico e resistente a oscilações de temperatura e pH da água – o que o torna um animal bastante comercializado e criado pelos aquariofilistas – e vive, aproximadamente, até os cinco anos de idade.

Comportamento

Quando jovens, os Acarás Joia são mais tranquilos e da paz, porém, quando adultos, podem se tornar extremamente agressivos e territorialistas.

Por ser um peixe valentão e que não se intimida com seres grandalhões e mais fortes, o mais indicado é criá-lo com seus semelhantes ou com peixes maiores e de temperamento parecido – caso contrário, ele comerá os peixinhos que forem menores e indefesos.

Vale frisar que, na época de reprodução, suas cores ficam mais intensas e brilhantes – como se estivessem avisando que estão prontos para a ação. É neste período que o Acará Joia atinge o ápice da sua braveza e agressividade em nome da proteção de sua família.

Alimentação

É um ser onívoro e extremamente “lariquento” – isto é, ele comerá qualquer coisa que passar pela frente que se assemelhe a insetos e pequenos peixes.

Para manter sua saúde reprodutiva em ordem e aparência saudável, o ideal é oferecer rações específicas, alimentos vivos e de origem vegetal (as quantidades e frequência devem ser indicadas por um profissional especializado).

Recinto

É imprescindível criar o Acará Joia em um aquário amplo e espaçoso: mínimo de 80 L para um casal e, pelo menos, 100 L no caso de uma comunidade de peixes que inclua a espécie.

O substrato deve ser fino e fácil de ser cavado. É importante haver esconderijos, como troncos, rochas, vasos de argila e outros “aparatos” que sirvam de local para a desova e para que um Acará Joia adulto possa extravasar sua agressividade.

A água deve ser mais quente (25°C, em média) e mole (com menor quantidade de partes por milhão de carbonato de cálcio) e seu pH mais ácido (entre 6.0 e 8.0). Colocar plantas flutuantes na superfície para ajudar a controlar a entrada de luz também é essencial.

Apesar de seu alto grau de valentia e resistência, é muito importante manter os parâmetros do aquário monitorados e fornecer uma dieta que esteja de acordo com as características do Acará Joia. Feito isto, você terá um casal ou cardume saudável e de bem com a vida.

Por Paula Soncela
Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.