Portal Melhores Amigos | 8 provas de que ter gatos faz bem pra saúde
2157
single,single-post,postid-2157,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

8 provas de que ter gatos faz bem pra saúde

filhote de gato

10 out 8 provas de que ter gatos faz bem pra saúde

Ter um bicho de estimação deveria fazer parte daquelas cartilhas médicas com recomendações para uma vida plena e saudável, que incluem alimentação balanceada, exercícios físicos regulares e outros itens.

Está para existir algo tão gratificante e do bem quanto cuidar de um pet. E, para quem ainda tinha dúvidas sobre o poder benéfico que os felinos podem exercer sobre nós, aí vão oito provas de que ter gatos faz bem pra saúde:

Prova nº 1

Você vai descobrir que existe amor incondicional de interespécies e que os gatinhos te amam tanto quanto você os ama. Acreditar que os gatos curtem a casa e não os tutores é coisa do passado, viu. Inclusive, existem animais que são tão apegados a seus donos que chegam a adoecer na ausência de seu tutor.

Prova n° 2

Se você é daquelas pessoas desregradas e desorganizadas, cuidar de gatinhos é uma ótima forma de manter a rotina e botar a vida um pouco em ordem. Além do que, você passa a ter um objetivo megaimportante na vida, que é manter os bichanos felizes e com saúde – ou seja, o foco sai do nosso próprio umbigo.

Prova nº 3

Receber o ronronado de um felino não tem preço. Além de proporcionar uma sensação deliciosa, sabia que o “motorzinho” do gato pode até ajudar a diminuir o estresse e regular a pressão arterial?

Prova nº 4

Aproveitando o assunto cardíaco, segundo um estudo da Universidade de Minnesota, tutores de gatos apresentam menor risco de desenvolver problemas cardiovasculares fatais.

Prova nº 5

Acredite se quiser, mas o ronronado dos bichanos também é capaz de aprimorar nossa capacidade de cura e cicatrização, bem como pode melhorar a densidade óssea do nosso esqueleto (segundo cientistas, estes incríveis efeitos provêm da frequência do som do “ronron”, que fica entre 25 e 150 hertz).

Prova nº 6

Conviver com gatos ajuda a fortalecer nosso sistema imunológico e, principalmente, o das crianças, que apresentarão menos chances de desenvolver infecções, alergias e problemas respiratórios (essa é para derrubar qualquer tabu que envolva a convivência entre humaninhos e gatinhos).

Prova nº 7

De acordo com uma pesquisa realizada na Universidade do Missouri, felinos têm o poder de ajudar crianças com autismo, estimulando-as e aprimorando suas habilidades de interação social.

Prova nº 8

Nossos amigos bigodudos ainda conseguem estimular a produção de ocitocina no cérebro humano, hormônio que ajuda a amenizar nossa agressividade e aumentar até a nossa capacidade de concentração.

Sem contar que ter um gatinho por perto espanta a solidão e o tédio, melhora o humor e nos torna seres muito mais flexíveis, solidários e, acima de tudo, felizes e amorosos!

 

E você? Está esperando o quê para ter um gatinho em seu lar?

 

Por Paula Soncela
Nenhum Comentário

Sorry, the comment form is closed at this time.